Thiago Espirito Santo
Guitarra / Baixo / Violão
Sobre

Representante da segunda geração musical Espirito Santo, Thiago faz de seu dom razão de existir, e da improvisação, maior exercício na vida. “Alma de Músico | Musician’s Soul” (2014) e “The Jazz Tradition” (2011), os dois mais recentes álbuns do contrabaixista – em meio a uma produção efusiva ao longo de 24 anos de carreira – congregam nos títulos a tradução do ofício eleito.

Por seu estilo e técnica singulares, o músico é reconhecido como um dos mais versáteis e originais contrabaixistas em atividade no mundo. O gosto pela liberdade de execução do instrumento o tornou referência no cenário jazzístico. Berço musical e grande curiosidade pela abrangência deste universo – aliados à prática de instrumentos diversos e composição – formam um profissional completo.


Além da carreira solo e formações em banda, com mais de uma dúzia de CD’s lançados, Thiago Espirito Santo exerce atuação intensa em cada um dos pilares musicais, com shows, produções, palestras e oficinas. Como produtor, foi indicado ao Grammy Latino em 2012 pelo álbum “Forró Chorado”, de Oswaldinho do Acordeon. Como professor, além de ministrar aulas e oficinas pelo país, desenvolveu o método de contrabaixo aplicado hoje em 360 polos do Projeto Guri.


Além do material desenvolvido para a Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, Thiago lançou 3 volumes de Método para Contrabaixo e 1 volume de Método para Violão e Guitarra, além de Métodos de estudo dos Campos Harmônicos.

Seu currículo extenso inclui uma série de shows e gravações por todo Brasil e exterior (Estados Unidos, Argentina, Equador, Alemanha, Áustria, Espanha, Portugal, Holanda, Itália, França, Moçambique, Japão e Rússia), ao lado de parceiros como Dominguinhos, Hermeto Pascoal, Toninho Horta, Maria Bethânia, Hamilton de Holanda, Yamandú Costa, Wilson Simonal, Jair Rodrigues, George Benson, Gregoire Maret, Alessio Menconi, Dom Moio, Todd Johnson, Kenwood Dennard, dentre muitos outros.
Thiago usa cordas DR, Aguilar Amplification e instrumentos Tagima.

Detalhes
Visite o site

Visite o Facebook

Visite o Twitter

Visite o Youtube